Monday, March 31, 2008

Os pequenos vilarejos Suíços

A Suíça, a exemplo de vários outros países europeus, é composta por algumas cidades principais e inúmeros vilarejos que rodeiam estas cidades. Enquanto a cidade possui todas as facilidades necessárias, como escola, supermercado e hospital (mas nada de shopping center!!) , os vilarejos possuem as casas antigas, o povo acolhedor e a história da Suíça em cada detalhe que os olhos podem alcançar.
Durante os 11 meses do meu intercâmbio, morei em com uma família suíça em Hessigkofen – um vilarejo de 200 habitantes (isso, você leu certo, duzentos) no noroeste do país. A experiência de viver em um local tão pequeno – apesar de um pouco chocante a princípio – foi única.
Todos os dias, para ir à escola, eu andava 7 km de bicicleta, para chegar na estação, e pegar um trem que em 8 minutos chegaria em Solothurn – a cidade “grande” de 20 mil habitantes, que era o centro para os vilarejos da região. Chegando lá, mais um ônibus de 15 minutos e estava na escola.
O percurso de bicicleta era minha parte favorita: um pouco de vento no rosto (às vezes um pouquinho gelado demais no inverno...) e a sensação de liberdade enquanto eu descia o morro para chegar à estação de trem.




Hessigkofen possui um pequeno mercado, uma piscina pública (na qual tínhamos que pagar o equivalente a 4 reais para entrar a cada vez), uma escola para crianças e algumas coisas mais. Nada de novo no front, até eu descobrir o que esse pequeno vilarejo tinha de diferente dos outros: Uma loja de motos da Harley Davidson. Nunca consegui entender o porquê, e nem vi muitos motoqueiros por lá, mas foi uma descoberta meio bizarra.



Como em qualquer outro vilarejo, alguns hábitos eram preservados nas famílias. A minha família hospedeira tinha o costume de aos domingos sair para passear, com seus dois cavalos puxando uma ‘carruagem’ (nunca descobri uma palavra melhor para descrevê-la), na qual sentávamos e sentíamos a leve brisa passar pelo rosto, enquanto cumprimentávamos os vizinhos e eu encantava-me ainda mais com cada cenário novo que via.